Destas coisinhas que me fazem feliz da vida…

03Jul07

Resolvi sentar aqui e escrever alguma coisa feliz como uma pessoa normal. Afinal, já tem um tempo que está quente lá fora e, com o verão, meu humor melhora 30%. Eu já não quero assassinar todas as pessoas do universo e o feriado de amanhã me deixou feliz da vida.  

Pois é disso que eu vou falar: as coisas que me fazem feliz da vida. Isso é raro, acontece uma vez na vida e nunca mais.

  

Amanhã é 4 de julho e, como todo mundo sabe, é o dia da comemoração da Independência norte-americana. Por conta disso tem feriado na quarta-feira, seguido de dia off que eu pedi, porque eu também sou filha de Deus. (Será?) Claro, na sexta eu estou de volta porque, apesar de filha de Deus (Hein?), eu sou pobre e tenho que trabalhar.  Resultado: semana curta, dois dias de folga e felicidade que não cabe em mim.  Quem vê até pensa que eu sou uma daquelas pessoas que não gosta de trabalhar, que são vagabundas, ou coisas do tipo. Este não é meu caso! O problema é que, em seis anos aqui, eu sempre trabalhei dentro da comunidade brasileira, sem nenhum direito. Neste tempo todo eu não tive direito a férias, feriado, final de semana, dia de folga, dia de doente, nada, nada…  Cada dia que eu não fui trabalhar foi descontado do meu salário. Quando você passa por uma situação destas e muda completamente para um emprego com direitos e benefícios, você é capaz de apreciar cada segundo de folga, cada segundo que foi perdido durante tanto tempo.  Agora, eu estou meio que deslumbrada com as maravilhas do mundo do trabalhador comum. Que folga! Os direitos são tantos e são tão apreciados por mim. Fazendo as contas nas pontas do lápis, minha responsabilidade aqui é gigantesca, mas os dias de folga, nada paga por isso. Claro que, eu tenho trabalhando tanto e tem tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo que eu saio do trampo tarde, chego cedo e trabalho em casa, enquanto estou dormindo e sonhando com apresentações, canais, reuniões e listas de tarefas sem fim.  Para comemorar o dia de folga, ao invés de dormir o tempo todo como eu faço nos finais de semana, eu vou ao Six Flags. Mais importante que ir ao Six Flags é levar a mãe pela primeira vez em um parque de diversões que não seja o Playcenter na década de 80.  Encontrei um código de descontos do Six Flags online que acaba fazendo com que os tickets saiam por preços de banana. Além dos três de casa, vão a Caror e o Marco, lindos de carro (outra comodidade que eu desconheço e aprecio demais), nos dar carona as 8.30am.  O parque abre as 10.30am, o que me dá tempo de sobra para nos perder, nos encontrar, chegar, estacionar, fumar um cigarro com um coca bem gelada e sair correndo para as filas das montanhas-russas mais fodas.  Tem muito tempo que eu fui no Six Flags pela última vez. Tenho que me atualizar sobre as novas montanhas-russas e  ler sobre quem já morreu nelas. Eu sempre faço isso e evito aquelas com o índice de mortalidade mais alto.  É um assunto muito sério, que as pessoas geralmente ignoram. Eu tive uns 200 amigos que trabalharam dentro do Six Flags e as histórias daquele lugar (como as de qualquer outro parque que tenha montanhas-russas) não não muito boas.  Além disso o namorado é moça e fala que tem labirintite e não pode ir em brinquedo muito violento. Resta a Caror e o Marco para salvarem meu mundo de emoção.  Minha mãe vai se divertir no Splash e outros brinquedos para criança que, ela também, é cuzona. Eu vou fotografar tudo, ver os golfinhos, gritar nas monatanhas-russas e comer hamburguer de parque de diversão, que é sempre o melhor que tem.  Às 9pm tem show de fogos, algum babaca cantando e às 10.30pm a gente volta para o mato.  Eu estou tão feliz por não ter que trabalhar no dia seguinte, poder dormir até as 12pm e depois poder sair para ir na Universidade acertar detalhes que eu mal posso explicar.  Fora isso, tem mais duas ou três viagens chegando e isso me faz uma pessoa muito feliz! Até dezembro e o inverno chegar, claro.   ** Eu tenho que postar fotos dos meus moo cards. Eles vão fazer muito sucesso. Preciso fazer uma boa seleção para pedir para eles uma ordem completa. Esta primeira ordem de 10 cartões é para provar o serviço e ver como funciona.  ** A Hot Pocket (como diz o pai do namorado) está em promoção. Desta ferradas que eles fazem uma vez ao ano. Vale a pena entrar e varrer a loja comprando todos os action figures que existem online por $3. Napoleon Dynamite gigante? É aqui mesmo! ** Flórida, Porto Rico ou República Dominicana?  Saberemos quando eu voltar ao trampo na sexta-feira!



No Responses Yet to “Destas coisinhas que me fazem feliz da vida…”

  1. Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: