Eu Só Sei Ficar Sozinha

23Jun04

Eu já tinha notado o acontecimento deste fenômeno durante as épocas em que minha mãe vinha me visitar. Agora se tornou algo constante e eu não estou sabendo o que fazer.

Eu não sei mais conviver perto das pessoas.

Vivendo nos EUA, da forma como eu vivo, obviamente, fez com que eu me tornasse uma pessoa completamente anti-social. Nas vezes que minha mãe vinha me visitar, eu acabei agindo estranha. Mas é lógico, eu estou acostumada a passar dias e dias sozinha, sem pessoas por perto. Quando muito, a única pessoa que eu chego a encontrar durante um dia inteiro é meu chefe, por semanas e semanas. Aqui é assim.

Eu via pessoas quando ia para a faculdade. Eu via pessoas, quando trabalhava no restaurante ou na época do jornal. Mas nos meus empregos mais longos, sou eu e eu. Quando muito eu e o chefe. Em NJ não tem gente na rua, eu não conheço nenhum visinhoe há três anos morando aqui, conto os amigos que eu tenho nos dedos de uma única mão.

Então, eu me acostumei ao silêncio (apesar de o Afonso jurar de pé junto que isso não existe), a chegar em casa e estar sozinha, ir para a internet, ler um livro, ver um filme, sempre sozinha. Até o Afonso chegar em casa, lá pelas 11, 12 horas da noite.

Quando minha mãe vem para cá, eu não sei como reagir. Primeiro que faz muito tempo que eu não a vejo, e fica tudo muito estranho, segundo que eu não estou acostumada a chegar e encontrar alguém dentro de casa. Jantar com alguém? Ter alguém para conversar, passear a noite, assistir filme? Isso para mim é a via dos outros e não a minha…

Últimamente a situação tem ficado super confusa e eu atribuo à isso o fato de não escrever mais neste blog. O Afonso está dentro de casa nos dias de semana, e a Amanda trabalha no (praticamente) mesmo horário que eu.

O Afonso me liga para encontrá-lo na Blockbuster, pegar novos filmes e ir ao mercado comprar coisas gostosas para o jantar. A Amanda me liga para saber onde eu estou, perguntar detalhes da laundry podre e eu quase grito, porque não sei administrar tantas pessoas ao mesmo tempo.

Quando estamos em casa é cosinhando, vendo filme, vendo roupa, conversando, discutindo a pintura, pintando, SEMPRE acompanhada. E eu não aprendi a viver assim ainda, vou passando mal… Eu sei chegar em casa e ir para a internet, ver um filme sozinha, comer qualquer bosta na cama, ler.

Eu não sei chegar e ter que interagir com outras pessoas… Aí eu vou ficando maluca, ando atrás do Afonso, ando atrás da Amanda. Pergunto um monte de coisas, fico com cara de retardada e não faço absolutamente nada do que eu tenho que fazer.

Tem muita, muita coisa que eu ainda tenho que aprender.

ps.1- Este post, não é uma reclamação, em nenhum sentindo, é a demosntração da minha felicidade por ter gente por perto o tempo todo.

Ps. 2- Se você é de uma família de mãe, pai e 10 irmãos, e nunca saiu de casa nunca vai entender do que eu estou falando. Eu sou filha única, só tenho mãe, a qual trabalhava o dia todo e fazia faculdade à noite.



No Responses Yet to “Eu Só Sei Ficar Sozinha”

  1. Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: